O ensino superior

26 03 2009

o-ensino-superior

O ensino superior apresenta vários problemas, os quais tem-se vindo a arrastar e agravar com o passar dos anos. Não são as propinas ou o tratado de Bolonha os principais problemas nestas instituições de ensino. Os problemas maiores são a falta de futuro profissional dos recém-licenciados e a falta de apoio social.

Na minha opinião, deveria haver uma maior preocupação em adequar os cursos ao mercado de trabalho, pois não faz sentido “tirar licenciaturas de desemprego”. Não é muito fácil prognosticar as vagas em função de um mercado de trabalho instável, mas existem determinadas áreas que estão saturadas.

Como anteriormente referi as propinas não são por si um problema, o problema é a lentidão dos serviços sociais universitários e os pequenos valores atribuídos de bolsas. Na minha opinião, as universidades deveriam ser auto-financiadas pelas propinas, o estado interviria no apoio aos alunos através da atribuição de bolsas e financiaria os estabelecimentos de ensino superior, mediante projectos e estudos de interesse público. Por exemplo, porque que os estudos para a instalação do novo aeroporto na Ota foram efectuados por empresas privadas e não por instituições de Ensino Superior? Assim pelo menos os milhões de euros gastos no projecto teriam sido aplicados em parte para potenciar estas instituições.


Ações

Information

2 responses

29 03 2012
Richard

Isso é verdade. Mas hoje em dia, é muito dificil arranjar emprego no nosso país. E muita gente licenciada vai para o estrangeiro ganhar mais que aqui em Portugal. Quanto ao ordenado e as condições de vida. Portugal não investe nos universitários e preferem buscar pessoas ao estrangeiro para Portugal. É o mal do governo portugues nos nossos dias de hoje. Mas quando uma pessoa vai para o estrangeiro tem que se safar sozinho. E saber o que vai para lá fazer. Muita gente foi para o estrangeiro e voltou para Portugal. O custo de vida de cada país é mais caro ou não. Vai dependendo do país que for.

2 04 2012
Richard

Estudo sobre o processo de candidatura ao ensino superior que tem como principal objetivo avaliar a qualidade apercebida e a satisfação dos candidatos com este processo. A população alvo é constituída pelos candidatos à 1.ª fase do concurso nacional de acesso de 2012. Estudo realizado por entidade independente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: