E se o petróleo custasse $500 o barril?

13 09 2009

E se o petróleo custa

Para muitos pode parecer um cenário fantasioso, mas para os conhecedores do mercado do petróleo este cenário poderá acontecer algures entre 2015 a 2050. A dificuldade em calcular do quando este “boom” possa acontecer, deve-se ao facto de no mercado do petróleo, não existir a palavra transparência e ninguém consegue avaliar com precisão o estado das reservas do petróleo.

O que é conhecido é que a procura do petróleo continua a aumentar e a produção do mesmo tem dificuldades em seguir essa crescente procura, pressionando a uma subida de preços. Enquanto as principais explorações de petróleo conseguirem abastecer o mercado continuaremos a ter petróleo “barato”, contudo, quando as principais reservas de petróleo entrarem em declínio a produção cairá e os preços dispararão para valores que poderão rondar os $500/barril.

A dependência do petróleo é tão elevada que se não estivermos preparados para esta realidade, a humanidade cruzará a maior crise económica e social de toda a história. Já se imaginam pagar 500€ para atestar o depósito? Mas isso não é o mais preocupante! Os preços de todos os bens estão indexados ao petróleo, vistos que o custo da distribuição de todos os bens aumentará exponencialmente e pagaremos muito mais por bens de primeira necessidade. Já alguém imaginou pagar 1€ por uma unidade de pão?

Com o preço elevado do petróleo acaba a época da energia barata. O custo da electricidade disparará, a água também, os transportes públicos, a gasolina e o gasóleo… resumidamente todos os bens aumentarão drasticamente de preço. Como a crescida do preço dos combustíveis, a população terá dificuldades em deslocar-se o desemprego aumentará, paralelamente o poder de compra diminuirá abruptamente. Neste cenário não só entraremos na maior recessão económica alguma vez imaginada, como surgirão problemas de índole social, como fome, um incremento na criminalidade ou seja o fim do mundo civilizado.

Mas poderemos evitar esse cenário?

Vai depender do tempo que tenhamos, mas acredito que sim! poderemos subsistir a última crise do petróleo. O caminho passará por uma aposta fortíssima nas energias alternativas e apostar numa maior eficiência energética. Em termos de produção de energia, não só passará por recorrer as conhecidas energias renováveis, teremos que contemplar a energia de cissão nuclear e desenvolver rapidamente a grande alternativa de energia limpa e barata: a fusão nuclear.


Ações

Information

2 responses

16 09 2009
joaquim mendes

Caro Lagido,
Escreve-se custasse e não custa-se… assim se fala em bom português.

17 09 2009
Hugo Lagido

Corrigido😉, de facto o português não é o meu forte.

Abraço

Hugo Lagido

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: