Mobilidade para o futuro

4 10 2009

Mobilidade para o futuro

Actualmente o sector dos transportes é o que mais depende da energia proveniente do petróleo. Porem, motivos económicos e ambientais pressionam no sentido de diminuir drasticamente o consumo de combustíveis fósseis. Contudo, se olharmos atentamente para este sector, deparamo-nos com um atraso significativo em encontrar soluções que possam diminuir o consumo de derivados de petróleo, de forma significativa.

Um aumento drástico no preço dos combustíveis originaria uma crise económica sem precedentes. Os transportes rodoviários, aéreos e marítimos que funcionam apenas recorrendo a queima do petróleo seriam os mais afectados. O abastecimento de bens alimentares seria posto em causa, os transportes públicos tornar-se-ão insustentáveis, a pesca seria seriamente afectada e inclusive, as rotineiras deslocações trabalho-casa poderão transformar-se numa despesa insustentável para muitos…

Todos sabem que este aumento brutal do preço do petróleo vai acontecer. Por outro lado, ninguém pode prever quando é que isto vai acontecer (os mais pessimistas apontam para 10 anos e os mais optimistas para 50 anos). Outro dado adquirido é que não estamos preparados para este impacto e que os esforços no sentido de diminuir o consumo do petróleo a nível global são insuficientes pois o consumo continua a aumentar. Mas que soluções nos restam? Que podemos fazer no sentido de garantir a mobilidade na ausência do petróleo barato?

A meu ver, temos que investir uma série de iniciativas, que sim, possam potenciar a descida do consumo de combustíveis fósseis. Se anteriormente referi que os transportes rodoviários, marítimos e aéreos seriam os mais afectados, ficou um por referenciar, o ferroviário. Reactivando e reabilitando os nossos caminhos-de-ferro, mediante uma electrificação de toda a linha entre outras medidas, poderemos ter um transporte que não dependa directamente do petróleo. Um meio de transporte que será difícil encontrar alternativas é o aéreo, contudo, poderemos descongestionar este transporte, desviando para o ferroviário de alta velocidade em percursos menos longos. Alternativas para o transporte marítimo também não serão fáceis, contudo sempre podemos regredir para a utilização da vela, sendo uma solução viável para embarcações mais pequenas e para a actividade piscatória. Outra solução para o transporte marítimo, poderá passar pela propulsão híbrida recorrendo a painéis solares… Por último deixo o rodoviário, o transporte mais vulgar e utilizado. A meu ver existem as seguintes alternativas: O automóvel eléctrico e o automóvel híbrido (motor de combustão interna a biocombustível + eléctrico), deixaria de parte o hidrogénio, pois poderá ser viável em determinadas regiões mas as dificuldades inerentes a produção e distribuição dificultarão a proliferação deste combustível.


Ações

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: