Os portugueses sabem votar?

13 01 2010

Pode parecer uma pergunta irónica ou até ofensiva, mas na realidade a maior parte das pessoas não tem conhecimento do verdadeiro significado do voto e por vezes a cruzinha incide sobre um sentimento ou uma intuição em vez de um acto reflectido e consciencioso.

A primeira e principal barreira incide na falta de formação na área da política. Por exemplo, quais são as competências da Assembleia da Republica, do Governo, do Presidente da Republica, do Governo Civil, da Câmara Municipal, da Assembleia Municipal, da Junta de Freguesia ou da Assembleia da Freguesia? Para que servem os partidos? Que ideais defendem? Qual o papel da oposição? Como são escrutinados os resultados? Que significa um voto nulo, em branco ou abstenção?

As questões anteriormente citadas são o mínimo que o eleitor deverá saber para poder votar. Pois escolher alguém em consciência sem saber quais são as funções que ira desempenhar e as ideias que defende, carece de sentido…

Pode parecer uma comparação absurda, mas imaginem-se que a matemática não fosse de conhecimento comum e dessem a todas as pessoas um boletim com uma conta e 4 opções para escolher a certa. Isto é o que sucede nas eleições, por isso a política deve ser de conhecimento comum e leccionado nas escolas.


Ações

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: