Um feliz 2013

31 12 2012

Este ano será certamente marcado por mais crise económica, mais desemprego e maior dificuldade financeira para uma basta quantidade de famílias Portuguesas. Apesar de termos entrado numa clara espiral recessiva económica, 2013 poderá entrar como um ponto de viragem e retomar alguns valores esquecidos pelo capitalismo descontrolado. Acredito que passaremos a valorizar mais os domingos em família, uma longa caminhada, uma volta de bicicleta, um jogo de cartas ou de tabuleiro. Teremos uma maior ligação a natureza, voltaremos a cultivar de uma forma artesanal e a valorizar de outra forma a nossa alimentação. As dificuldades também nos vão dotar de maior criatividade para ultrapassar os obstáculos. Não podemos encarar a entrada em 2013 como mais um ano de dificuldades mas sim como um ano diferente e de mudança de nós próprios.